MENU

Poema

If thou must love me - Elizabeth Barrett Browning

Sonnet 14

If thou must love me, let it be for nought
Except for love’s sake only. Do not say,


If thou must love me - Elizabeth Barrett Browning - Poema

Sonnet 14

If thou must love me, let it be for nought
Except for love’s sake only. Do not say,
“I love her for her smile—her look—her way
Of speaking gently,—for a trick of thought
That falls in well with mine, and certes brought
A sense of pleasant ease on such a day”—
For these things in themselves, Belovèd, may
Be changed, or change for thee—and love, so wrought,
May be unwrought so. Neither love me for
Thine own dear pity’s wiping my cheeks dry:
A creature might forget to weep, who bore
Thy comfort long, and lose thy love thereby!
But love me for love’s sake, that evermore
Thou mayst love on, through love’s eternity.


If thou must love me - Elizabeth Barrett Browning - Poema - Tradução em Português

Soneto 14




Se tu deves me amar, que seja em vão
Exceto pelo amor apenas. Não digas,
“Eu a amo por seu sorriso - seu olhar - seu jeito
De falar gentilmente - por um truque de pensamento
Isso cai bem com o meu e certes trouxe
Uma sensação de facilidade agradável em tal dia ”-
Para estas coisas em si, Belovèd, pode
Seja mudado, ou mude para ti - e amor, tão forjado,
Pode ser feito assim. Nem me ame por
Tua própria querida pena está limpando minhas bochechas secas:
Uma criatura pode esquecer de chorar, quem
Teu conforto por muito tempo e, assim, perca teu amor!
Mas me ame pelo amor, que sempre
Tu podes amar na eternidade do amor.



More by SANDERLEY

TRENDS - SONG LYRICS
Radar by Sanderlei
Everything in the musical world / Tudo que rola no mundo musical / ทุกอย่างในโลกดนตรี / Все в музыкальном мире / 音楽界のすべて.

Just Go - Viagem Volta ao Mundo
#JustGo - Sanderlei Silveira