MENU

Ilíada (PDF) - Homero

Livros em PDF para Download - Domínio Público

Ilíada e Odisseia são os maiores clássicos da literatura ocidental. Seus elementos míticos influenciaram a cultura através dos séculos e ainda conseguem dialogar com leitores de hoje. A Editora Nova Fronteira traz ao mercado uma edição especial dessas obras-primas de Homero, num boxe de luxo, com a famosa tradução de Carlos Alberto Nunes. Ilíada é considerada uma obra-prima da poesia épica. Verdadeiro marco da literatura ocidental, o grande poema narra, em 24 cantos, os episódios do nono ano da famosa Guerra de Troia. As batalhas iniciadas quando Helena, esposa do rei de Esparta, é raptada por Páris, príncipe de Troia, desencadeiam também um duelo entre deuses e humanos. Ao romper os limiares do tempo, Ilíada chega aos dias de hoje como um livro indispensável. Odisseia é uma das mais inspiradas a venturas já criadas pelo espírito humano. O grande poema conta o regresso de Odisseu à sua terra natal, após dez anos de conflitos na Guerra de Troia. O herói grego, com astúcia, inteligência e força, vive episódios memoráveis em busca da reconquista de seu território e do amor de sua esposa, Penélope. A história narrada por Homero continua conquistando gerações de leitores e é considerada um clássico da literatura mundial.



Ilíada (PDF) - Homero

Livros em PDF para Download - Domínio Público

Ilíada e Odisseia são os maiores clássicos da literatura ocidental. Seus elementos míticos influenciaram a cultura através dos séculos e ainda conseguem dialogar com leitores de hoje. A Editora Nova Fronteira traz ao mercado uma edição especial dessas obras-primas de Homero, num boxe de luxo, com a famosa tradução de Carlos Alberto Nunes. Ilíada é considerada uma obra-prima da poesia épica. Verdadeiro marco da literatura ocidental, o grande poema narra, em 24 cantos, os episódios do nono ano da famosa Guerra de Troia. As batalhas iniciadas quando Helena, esposa do rei de Esparta, é raptada por Páris, príncipe de Troia, desencadeiam também um duelo entre deuses e humanos. Ao romper os limiares do tempo, Ilíada chega aos dias de hoje como um livro indispensável. Odisseia é uma das mais inspiradas a venturas já criadas pelo espírito humano. O grande poema conta o regresso de Odisseu à sua terra natal, após dez anos de conflitos na Guerra de Troia. O herói grego, com astúcia, inteligência e força, vive episódios memoráveis em busca da reconquista de seu território e do amor de sua esposa, Penélope. A história narrada por Homero continua conquistando gerações de leitores e é considerada um clássico da literatura mundial.

Resumo - Ilíada



Um dia antes de Páris nascer sua mãe sonha que Tróia era destruída por um imenso incêndio.Então Hécuba mãe de Páris apavorada conta a seu marido o rei de Tróia, Príamo, que também se apavora e acabam consultando um oráculo. O oráculo diz que a criança não pode nascer porque isso levaria a ruína de Tróia.Então quando ele nasce seus pais o entregam para um pastor que deveria levá-lo para para bem longe do palácio e mata-lo, para que a profecia não se realizasse. Mas o Pastor desobedecendo Príamo não matou o garoto, mas sim o levou para sua casa e cria-lo como seu próprio filho.Anos depois o destino leva o garoto até o palácio e seus pais o reconhecem e o recebem de braços abertos.Para se adaptou rapidamente a vida palaciana. Mas desde o dia em que ele viu Helena ele disse que casaria-se com ela. Porém Helena era mulher do rei de Esparta, Menelau, um dos mais poderosos reis. Então Páris toma a decisão de ir atrás de Helena. Ele sobe no barco com sua frota e vai até Esparta atrás de Helena. Quando chega la Páris e recebido de braços abertos pelo rei, que nem imaginava seus planos. Então um dia que todos estavam em festa Páris subiu até o quarto do rei, pegou Helena e o tesouro de Esparta e levou para Tróia. Quando Menelau vê que Helena desapareceu e Páris também, imediatamente ele declara Guerra entre Esparta e Tróia.

Menelau manda todos os seus homens, uma frota de mais de 50 Navios. Aquiles era seu melhor Guerreiro Filho de Zeus ele era imortal.O Navio de Aquiles foi o primeiro a chegar, com cerca de 20 homens Aquiles e seu batalhão mataram tudo que viam pela frente. Menelau e seus Guerreiros acharam que a Guerra não seria muito longa pois eles estavam em um número muito maior, mas eles se enganaram a Guerra duraria mais de 10 anos. Quando todos os homens de Menelau chegam a praia do reino de Tróia ele vão direto para os muros para tentar derrubar os portões com mais de 7 metros de altura e 20 centímetros de espessura. Eles não conseguiram derrubar os portões mas tiveram uma ideia brilhante que foi a de cercar o reino para não deixar ninguém sair, pois quando acabasse os suprimentos eles começariam a morrer de fome e sede.Mas eles não fecharam um lugar que era em uma floresta atrás do reino que havia uma fonte de Água pura e era por ali que os espiões de Príamo passavam. Mas um dia um dos soldados de Esparta percebeu a movimentação na floresta e foi até la para ver o que era ele viu que era uma passagem dos Troianos para fora do reino. Então um dia Briseide amiga de Aquiles e tomada por Agamenon que é um dos chefes. Depois disso Aquiles decide se retirar da Guerra pois ele não tem nada contra os Troianos.

Um dia então Menelau decidiu desafiar Páris para uma batalha, quem ganhar fica com a Helena e a guerra acaba. Páris aceitou apesar de estar co muito medo. Então Páris sai de trás da muralhas de Tróia e vai em direção a Menelau. Então Páris arremessou sua lança, que se prendeu ao reforçado escudo de Menelau. Na sua vez Menelau pediu a Zeus (o mais poderoso de todos os Deuses) que guiasse sua mão ao coração do jovem traidor. Então ele arremessa sua lança, que atravessa o escudo de Páris que ainda escapou da morte. Então eles se enfrentam com as espadas. Menelau acertou o elmo de Páris mas sua espada de partiu em muitos pedaços. Então Afrodite ( Deusa do amor) cobre a arena com uma espessa neblina fazendo com que Menelau perdesse Páris de vista. Então depois disso Agamenon gritou: - A luta acabo! Venceu Menelau! Devolvam, portanto, Helena e o tesouro de Esparta. Mas o troianos não concordaram com a decisão de Agamenon, pois Páris estava mais vivo que o próprio rei de Esparta. Então Heitor (Irmão de Páris) é desafiado por Ajax (Um dos chefes). Heitor um toda a sua coragem e destreza foi a luta, ele saio do reino e foi em direção a Ajax. E logo em seguida Heitor arremessou sua lança que parou no escudo de Ajax. A lança de Ajax por sua vez atravessou o escudo de Heitor e o atingiu de raspão no pescoço. Então eles arremessaram sua lanças novamente Heitor novamente não acertou Ajax e o mesmo também errou. Então Zeus interferiu na batalha e disse que era para pararem que já era noite.

Então Agamenon toma a decisão de devolver Briseide a Aquiles em pedido de desculpas e pediu para que ele voltasse a Guerra. Então os troianos tiveram a brilhante ideia de botar fogo nos navios inimigos, mas não seria uma missão fácil.Então Heitor se lembra que eles tem um túnel que sai bem próximo de onde os barcos estão, então eles vão até o final do túnel e quando chegam la o túnel estava fechado com pedras. Então eles voltam ao palácio e na madrugada do outro dia eles vão bem devagar pelo túnel tentando chegar as pedras. Quando eles chegam la, com toda a delicadeza eles começam a remover as pedras e abrirem sua passagem para os navios. Quando eles terminam todos sobem mas havia uma tenda na frente deles fechada de guardas então Heitor passa correndo por um lugar onde não tinha nenhum guarda e vai em direção aos navios. E seus amigos entram na barraca aonde estão os lideres e chefes. Agamenon e o único atingido na mão o resto fugiu.Quando eles saem para fora veem Heitor com uma tocha na mão botando fogo em um de seus navios. Então rapidamente Heitor e seus amigos fogem deixando os inimigos para trás e sem ninguém ver entram no túnel retornando para a palácio. Então os troianos decidem atacar os espartanos. Aquiles estava dormindo no momento do ataque e seu amigo Pátroclo estava sua armadura e quando viu a movimentação em direção as muralhas de Tróia foi sem lembrar que estava com a armadura de seu amigo Aquiles, o mais odiado por os troianos. No meio da batalha Heitor viu Pátroclo pensando que era Aquiles e foi em direção a ele. Com poucas espadadas Heitor mata Pátroclo o amigo mais amado por Aquiles.Então Menelau enviou Antíloco com a missão de informar Aquiles sobre a morte de Pátroclo, quando Aquiles recebe a noticia ele começa a chorar. Então Aquiles com sua fúria insaciável faz todos os guerreiros de tróia recuarem para dentro das muralhas, mas Heitor se recusou e Aquiles vinha em direção a ele, Heitor não se moveu nenhum passo enquanto esperava por Aquiles. Então logo que Aquiles chega a frente de seu inimigo atira sua lança e erra mas Atena ( Deusa da guerra ) recolhe sua lança e a devolve. Heitor lançou sua lança que chocou-se com o reforçado escudo de Aquiles e foi ao chão. Então Heitor pega sua espada e pula encima do adversário. Ele usava a belíssima armadura arrancada do corpo de Pátroclo. Aquiles sentiu seu ódio crescer e sem piedade crava sua lança no pescoço do oponente, único ponto exposto.

A morte de Heitor frustou o troianos a ponto de que sequer cogitavam deixar a cidadela. Etiópe era filho de Tétis amigo de Priámo um dos maiores guerreiros já vistos. Aquiles e ele entram em uma batalha tremenda, diziam que era a primeira vez que Aquiles enfrentaria alguém à sua altura. Etiópe o ferio na mão em resposta Aquiles o ferio no ombro. E, ao final, a vitória coube ao filho de Tétis. Então Ulisses ( um dos chefes) teve a ideia que daria a vitória a Esparta. Eles construiriam um cavalo de madeira com capacidade para cerca de quarenta soldados, que eles deixariam como um premio pela vitória da guerra, enquanto os troianos achassem que ganharam a guerra os Espartanos esconderiam seus navios em uma ilha próxima, e quando eles vissem o sinal de fogo voltariam a praia e atacaria Tróia. Então eles construíram o cavalo e botaram seu plano em ação os Troianos realmente pensaram que tinham ganhado a guerra e pegaram o cavalo como recompensa. Então os troianos comemoram bebendo muito e quando era de madrugada os espartanos abriram uma portinha pequena que havia na barriga do cavalo, e desceram matando tudo e todos. Botando fogo em tudo, então um dos espartanos subiu até a torre do reino e pois fogo em um monte de palha. Então todos os espartanos foram para o reino de tróia dominando-o e assim vencendo a batalha de mais de dez anos.

Quando Homero escreveu Ilíada?

O que Homero escreveu?





Quem foi Ilíada e Odisseia?

Quem ganhou a guerra de Tróia?

Personagens - Ilíada



A Ilíada é um poema extenso e possui uma grande quantidade de personagens da mitologia grega. Homero assumia que seus ouvintes estavam familiarizados com esses mitos, o que pode causar confusão ao leitor moderno. Segue um resumo dos personagens que tomam parte na Ilíada:

Os Aqueus

Os gregos antigos não se definiam como "gregos" ou "helênicos", denominação posterior, mas como "aqueus", compostos por diversos povos de diversos reinos que tinham uma língua e cultura razoavelmente compartilhada. Os aqueus também são chamados de "Dânaos" por Homero.

Aquiles: príncipe de Ftia, líder dos mirmidões (mirmídones), herói e melhor de todos os guerreiros, filho da deusa marinha Tétis e do mortal rei Peleu. Sua ira é o tema central da Ilíada. Vinga a morte de Pátroclo matando Heitor em um duelo um a um.
Agamemnon: Rei de Micenas e comandante supremo dos aqueus, sua atitude de tomar a escrava Briseis de Aquiles é o estopim do desentendimento entre eles.
Pátroclo: Amigo de Aquiles. Alguns argumentam que há envolvimento íntimo entre Aquiles e Pátroclo, o que foi, no entanto, refutado por Sócrates, no diálogo Fedro, citando passagens da Ilíada que dizem que Aquiles e Pátroclo dormiam em leitos separados, cada um com sua respectiva concubina. Foi morto por Heitor enquanto fingia ser Aquiles.
Odisseu (Ulisses): Rei de Ítaca, considerado “astuto”, ou “ardiloso”. Frequentemente faz o papel de embaixador entre Aquiles e Agamemnon. Foi ele que teve a ideia de fazer uma armadilha aos troianos. É o personagem principal de Odisseia, também atribuído a Homero em que é narrada a volta de Odisseu a Ítaca.
Calcas Testorídes: Poderoso vidente que guia os aqueus. Foi ele que predisse que a guerra duraria dez anos, que era preciso devolver Briseis (Briseida) ao pai e muitas outras coisas.
Ájax: É mais forte e habilidoso dos guerreiros gregos depois de Aquiles, era praticamente imbatível e graças a ele os gregos conseguiram muitas vitórias sobre os troianos.
Ájax (filho de Ileu): Liderou um destacamento de lócridas durante a guerra na qual desempenhou um papel importante e foi um dos guerreiros que estava dentro do cavalo de madeira.




Nestor: Um dos dos guerreiros da Grécia, embora Nestor fosse velho era famoso pela sua coragem.
Idomeneu: rei de Creta e neto de Minos e é um dos guerreiros gregos.
Diomedes: Príncipe de Argos, comandava a frota de navios de seu reino. Herói valente que participou ativamente do cerco, da pilhagem e do saque de Troia.
Menelau: Rei de Esparta, marido de Helena e irmão mais novo de Agamemnon.
Protesilau: Fez uma profecia que o primeiro que pisasse em solo troiano também seria o primeiro a morrer, e acabou sendo ele mesmo.

Os Troianos e seus aliados



Heitor, ou Héctor: Príncipe de Troia, filho de Príamo e irmão de Páris. É o melhor guerreiro troiano, herói valoroso que combate para defender sua cidade e sua família. Líder dos exércitos troianos. Mata Pátroclo em uma batalha achando que ele era Aquiles porque usava sua armadura, escudo e espada sem mencionar a semelhança física entre os dois. Morto por Aquiles em um duelo.
Príamo: rei de Troia, já é idoso, portanto quem comanda de fato a luta é seu filho, Heitor.
Páris: Príncipe de Troia, sua fuga com Helena é a causa da guerra. É sua a flecha que finalmente mata Aquiles, acertando-o no calcanhar.
Eneias: Primo de Heitor e seu principal tenente. É o personagem principal da Eneida, obra máxima do poeta latino Virgílio.
Helena: Esposa de Páris, antes casada com Menelau, e pivô da guerra. Com a queda de Troia volta para Esparta e para Menelau.
Andrómaca: Esposa de Heitor, de quem tinha um filho bebê, Astíanax.
Briseis (Briseida): Prima de Heitor e Páris, capturada pelos aqueus, se torna escrava de Aquiles e acaba se apaixonando por ele e vice-versa.
Sarpedão (Ilíada): Rei da Lícia que matou o grego Tlepólemo.

Os deuses



Os deuses gregos tomam parte ativa na trama, envolvendo-se na batalha e ajudando ambos os lados.





Ficaram do lado dos gregos (aqueus): Hera, Atena, Posidão, Hefesto, Tétis (mãe de Aquiles).

Ficaram do lado dos troianos: Apolo, Afrodite, Ares, Ártemis, Leto.

Zeus e Hades mantiveram-se neutros. Outras divindades menores, como Péon, Íris e Éris, também se envolveram nos eventos.

Resumo dos cantos - Ilíada



Canto I: É o décimo ano da guerra de Troia. Aquiles e Agamemnon desentendem-se devido à disputa sobre uma jovem sacerdotisa, Briseida.
Canto II: Odisseu impede uma revolta e os gregos preparam-se para um ataque a Troia.
Canto III: Páris desafia Menelau para um duelo, propondo decidir o destino da guerra. Menelau vence, mas Páris sobrevive, salvo por Afrodite.
Canto IV: O pacto é quebrado pelos troianos e a guerra recomeça.
Canto V: Diomedes, ajudado por Palas Atena, realiza grandes prodígios, ferindo Afrodite e Ares.
Canto VI: Heitor retorna a Troia para pedir que se tente apaziguar Palas Atena. Encontra-se com esposa e filho e retorna à batalha junto de seu irmão Páris.
Canto VII: Heitor duela com Ájax. A luta empata, interrompida pela noite.
Canto VIII: Os deuses retiram-se da batalha.
Canto IX: Agamemnon tenta reconciliar-se com Aquiles, mas este recusa.
Canto X: Diomedes e Odisseu saem em missão de espionagem e atacam o acampamento troiano.
Canto XI: Páris fere Diomedes, e Pátroclo fica sabendo da desastrosa situação grega.




Canto XII: Retirada grega até às naus.
Canto XIII: Posidão apieda-se dos gregos e os motiva.
Canto XIV: Hera adormece Zeus, permitindo a reação grega.
Canto XV: Zeus acorda e impede que Posidão continue interferindo. Os troianos retomam a vantagem no combate.
Canto XVI: Pátroclo pede a armadura a Aquiles e permissão para entrar na luta. Aquiles concede, porém Pátroclo é morto por Heitor.
Canto XVII: Há uma disputa pelo corpo e armadura de Pátroclo. Heitor fica com a armadura e Ájax fica com o corpo de Pátroclo.
Canto XVIII: Aquiles fica sabendo da morte de Pátroclo, e sua mãe providencia-lhe uma nova armadura.
Canto XIX: Aquiles, de armadura nova e reconciliado com Agamemnon, junta-se à guerra.
Canto XX: Batalha furiosa, da qual participam livremente os deuses.
Canto XXI: Aquiles chega aos portões de Troia
Canto XXII: Aquiles duela com Heitor e o mata. A seguir, desonra seu cadáver, arrastando-o ao acampamento grego.
Canto XXIII: Pátroclo é velado adequadamente.
Canto XXIV: Príamo pede o cadáver do filho a Aquiles que, comovido, cede. Heitor é devidamente velado em Troia.

Ilíada (PDF) - Homero


Livro em PDF para Download - Domínio Público





More by SANDERLEI

TRENDS - SONG LYRICS
Radar by Sanderlei
Everything in the musical world / Tudo que rola no mundo musical / ทุกอย่างในโลกดนตรี / Все в музыкальном мире / 音楽界のすべて.